12 de dez de 2012

Poeta popular se destaca no bairro do Triângulo


Literatura em cordel.

Lixo de Tarauacá.

Senhores caros amigos
Que vivem nessa cidade 
Resolvi me expressar
Porque há necessidade
Pra falar de um problema
Que afeta a humanidade
É o acúmulo de lixo
Que temos nessa cidade.

Esse povo é tão sofrido
Mas nunca faz confusão
Sofrendo necessidades
Essa grande multidão
Os entulhos no meio das ruas
Atingindo a população
E ninguém se manifesta
Ficamos sem solução.

Aqui em nossa cidade
De tudo o povo viveu
Coisas boas e ruins 
Essa gente já sofreu
Mas a solução do lixo
Ninguém nunca resolveu

Sem citar varias doenças
Que o lixo pode causar
A nossa população
Pode se infectar
O lixo no meio das ruas
Vai ser preciso tirar.

Terminando por aqui
Porque já estou cansado
De fala erm tantos lixos
Que nas ruas está jogado
Muita gente está lutando
Mais sempre sem resultado
E as sujeiras nas ruas
Cada dia acumulado.

Narrei tudo com cuidado
Sem nada deixar faltar
A solução para o problema
Nos temos que encontrar.
Digníssima Marilete
Se não queres trabalhar
Entregue a prefeitura
Para outro governar
Com essa nova gestão
Eleita em Tarauacá.

Autor: José Cabral de Sousa, conhecido como “Vacir”.
Morador do bairro do Triângulo.